Cadeia produtiva

Granja de matrizes aves

A Agroaraçá alimentos possui mais de 70 galpões distribuídos pelo Rio Grande do Sul. Atualmente são 180.000 aves em recria, 300.000 aves em produção.



Produção de ovos

Na fase de recria que vai do primeiro dia de vida até as 24 semanas trabalha-se o desenvolvimento da estrutura corporal para preparar a ave para a postura dos ovos, muitos cuidados com biossegurança são observados como: banho na entrada das granjas, desinfecção de todo material utilizado no interior da mesma, cerca em toda volta do núcleo, tela anti pássaros nos aviários e controle de roedores.
Além destes cuidados há programa de vacinação das aves para evitar futuras doenças que podem comprometer a produção e vida do plantel. Os ovos produzidos são coletados em bandejas 6 vezes ao dia e logo em seguida são desinfectados, após este manejo são acondicionados em um ambiente com umidade e temperatura controlada, a cada 2 dias são transportados em caminhão especialmente adaptado para o incubatório.




Incubatório

Localizado no município de Garibaldi, contempla 16 incubadoras, onde os ovos ficam armazenados. Na chegada dos ovos ao incubatório, os mesmos são classificados e os que estão dentro do padrão de qualidade são colocados nas bandejas de incubação, os demais são descartados. Após, os ovos são incubados em máquinas de incubação durante o período de 18 dias.
Logo após, são transferidos para os nascedouros onde os ovos ficam por mais 3 dias, culminando com o nascimento dos pintinhos. Em todo o processo, a limpeza e higiene são prioridades para garantir um pintinho de boa qualidade. Após o nascimento, os pintos são sexados, vacinados e transportados por caminhões especiais até as granjas dos nossos integrados para a criação. O incubatório está registrado no Ministério da Agricultura.




Integrados

Possuímos 500 aviários, espalhadas por 37 municípios do Rio Grande do Sul/ Brasil, sendo 340 integrados e 17.000 aves por granja. Capacidade de alojamento de 1 milhão de pintos por semana. Os pintos chegam aos aviários dos nossos integrados que já estão preparados para recebê-los, com água limpa disponível e ração balanceada a disposição para ser consumida.
Nesta fase os cuidados com biossegurança também são muito importantes, ou seja, as granjas têm telas antipássaros, são cercados, controle de roedores e restrição às visitas de pessoas estranhas ao processo. Todas as semanas e/ou quando é necessário temos um corpo técnico composto por Veterinários e Técnicos Agrícolas que dão assistência técnica nas propriedades, para garantir a qualidade das aves e resultados zootécnicos compatíveis com o mercado.




Fábrica de Rações

Com uma capacidade de produção de 36 toneladas de ração por hora, a fábrica de ração vegetal alimenta as aves destinadas a mercados específicos, o controle de qualidade é assegurado pela implantação e aplicação das BPFs (Boas Práticas de Fabricação). A empresa possui um controle do processo, que está descrito nas BPFs, que garante a biossegurança dos produtos produzidos.
Todas as matérias primas necessárias para produzir as rações ao chegarem na fábrica são avaliadas quanto a sua qualidade bromatológica, e se aprovadas, são descarregadas e em caso contrário são devolvidas ao fornecedor. A fábrica é toda automatizada diminuindo com isso as possibilidades de erros, e está registrada no Ministério da Agricultura e é inspecionada por eles.




Meio Ambiente

Atenta as questões ambientais a Agroaraçá atua preventivamente mitigando os impactos de suas operações, mantendo diversas iniciativas para utilizar de forma eficiente os recursos naturais, investindo continuamente no tratamento de seus resíduos sólidos, líquidos e gasosos.

A empresa possui Licença de Operação Junto a FEPAM onde busca cumprir todas as exigências da LO nº 05301/2017 atuando preventivamente nas questões de meio ambiente e investindo continuamente nas atualizações tecnológicas da planta industrial.

Tratamento Resíduos Líquidos

Não somente pela necessidade de atender às normas legais, mas por entender a grande importância da preservação desse recurso fundamental para as atividades industriais possuímos um sistema de tratamento de efluentes que consiste em três etapas. A primeira é denominada de pré-tratamento. Nesta etapa o efluente originado na planta industrial entra em uma estação elevatória, a seguir passa por uma peneira estática e fica armazenado em um tanque de equalização. Do tanque de equalização o efluente passa pela etapa de tratamento primário que consiste em um tratamento físico-químico composto de coagulação, floculação e dois flotadores. Após este processo o efluente é enviado para o tratamento secundário, o qual consiste em um sistema de lodos ativados onde é finalizada a remoção da matéria orgânica do efluente industrial e a nitrificação, atendendo assim todos os parâmetros de lançamento exigidos, 50% se todo efluente tratado é bombeado para a Estação de Tratamento de Água para reuso, fazendo com que não ocorra adução de água do arroio Araçá.

Segregação, Tratamento e Destinação de Resíduos Sólidos

A Agroaraçá possui Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos e aplica a coleta seletiva em todos os seus setores buscando não só atender à legislação, mas atentando para a importância ambiental, sempre buscando reduzir o impacto de suas operações sobre o meio ambiente.

Trabalha-se com ações de educação e conscientização ambiental, como treinamentos, palestras, e atividades que envolvam não apenas seus colaboradores, mas também a comunidade em geral minimizando geração de possíveis passivos ambientais.

A empresa possui uma central de resíduos sólidos onde são enviados todos os resíduos gerados no processo produtivo e áreas de apoio. Na central esses resíduos são segregados, enfardados e armazenados temporariamente para que se possa dar o correto destino para os mesmos.

Todas empresas prestadoras de serviço possuem licenciamento ambiental vigente com prestação de serviço profissional qualificado.




Recursos Humanos

A Agro Araçá acolhe seus funcionários como integrantes da família. Nela, as pessoas se integram e interagem a fim de somar esforços buscando sempre os melhores resultados. Respeito, confiança e união são diretrizes da empresa e de todos seus funcionários para a realização do trabalho.
Contando com profissionais qualificados em diversas áreas a Agro Araçá realiza periodicamente treinamentos técnicos, operacionais, motivacionais e de desenvolvimento, visando a qualificação e integração nas normas e política da empresa.




Planta Industrial

A Agroaraçá alimentos, tem em sua função principal o abate de frangos de corte. Possui estrutura de produção verticalizada, desde matrizes de aves, produção de pintos de um dia, integração de frangos para abate, fábrica de rações, modernas estruturas frigoríficas e completa estrutura comercial, com a planta industrial habilitada para mercado interno e externo.
A planta onde são abatidos os frangos possuem linhas automáticas da marca Meyn e Meitech. Todo sistema de descarregamento das aves é por sistema de esteiras automáticas, passando por um processo de escaldagem controlado por sistema de CLP automático e depenadeiras com sistemas de dedos de borracha para a retirada das penas. Todo o frango que é abatido é inspecionado pelo Ministério da Agricultura, onde fica lotado nas unidades de abate de cada frigorífico um médico veterinário, além disto existe um corpo técnico da empresa que faz a parte da qualidade do produto, desde a chegada ao frigorífico para o abate até a expedição do mesmo, esta equipe controla do o sistema pós morte, evisceração, resfriamento e congelamento final do produto, através do HACCP – Análises de Perigos e Pontos Críticos de Controle. Programa este exigido pelo Ministério da Agricultura.





Todos os direitos reservados - 2016